Agostinho da Silva, um pensador lusófono

ADELTO GONÇALVES* Ensaios sobre Cultura e Literatura Portuguesa e Brasileira – volume I, de Agostinho da Silva, com introdução de Paulo Alexandre Esteves Borges. Lisboa: Âncora Editora, 1ª edição, 350 páginas, 2000, 19,50 euros. E-mail: ancora.editora@ancora.editora.pt  Site: www.ancora-editora.pt I O filósofo, poeta e ensaísta Agostinho da Silva (1906-1994) sempre teve múltiplos interesses, mas concentrou-se em …

A noite da espera

AÍLA SAMPAIO Aíla M. Leite Sampaio (Brasil). Professora Doutora da Universidade de Fortaleza) A NOITE DA ESPERA: RECORRÊNCIAS TEMÁTICAS E AMBIGUIDADE VERDADE X FICÇÃO INTRODUÇÃO A noite da espera (2017), primeiro volume da trilogia O lugar mais sombrio, é o novo romance de Milton Hatoum. O escritor sai do microcosmo do Amazonas para a aridez …

Natal, riso e obscenidade

            MARIA ESTELA GUEDES Foto: Maria do Céu Costa Gabriela Morais, como ficcionista e como historiadora, ocupa-se dos longes da nossa História, aqueles que remontam aos primórdios do povoamento da faixa ocidental da Península Ibérica, e não raro  vão ainda mais longe no passado, trazendo informação absolutamente inédita para a …

O sereno fluir das coisas

ALVARO GIESTA   A PALAVRA NO ABISMO DO SILÊNCIO Guardo no bolso um abismo de mistérios onde, no remanso do silêncio, se recolhe a palavra: – aquela que me diz que “no princípio era o Verbo”. Vive oculta e vazia no chão desse abismo em que medita. Talvez um dia se levante do casulo de …

Cristo não desempregou os santos (1)

FREI BENTO DOMINGUES, O.P. 1 Não tenho muito apego às definições de religião. Uso essa palavra para significar, na tradição latina, a redobrada atenção às diversas dimensões do devir misterioso do ser humano que escapam à linguagem unívoca da ciência e da técnica. Exprime-se melhor na linguagem metafórica. Como escreveu Ésquilo, em Agamémnon, «Sufocando no galinheiro …

Açordas, migas e conversas

A.M. GALOPIM DE CARVALHO Lançamento em Évora, na Mantearia do Ludgero. Nestas conversas cabe tudo. Além dos saberes de uma culinária tradicional e caseira, cabem relatos ou crónicas de situações vividas e presenciadas, experiências de profissão, intervenções cívicas, ensaios, reflexões que vão da política à filosofia, passando pela arte, com humildade e simplicidade, na perspectiva …

Três quadros

CARMO MOURA NUNES Carmo Moura Nunes (Portugal, 1937-2005). Pintora Com os agradecimentos do Triplov a José Pascoal, diretor da Gazeta de Poesia Inédita, em: https://gazetadepoesiainedita.blogs.sapo.pt/