Procurar imagens
     
Procurar textos
 

 

 

 

 


 

 

DANIEL FILIPE
Canto e Lamentação na Cidade Ocupada, Poema I
Canto e Lamentação na Cidade Ocupada, Poema VI (áudio)
Morna
Pátria, Lugar de Exílio
Poeta e jornalista, Daniel Damásio Ascensão Filipe nasceu em 1925, na ilha da Boavista, em Cabo Verde. Ainda criança, veio para Portugal, e aqui fez os estudos liceais. Combateu a ditadura salazarista, sendo perseguido e torturado pela PIDE.

Co-director dos cadernos “Notícias do Bloqueio”, colaborou também assiduamente na revista “Távola Redonda” e realizou, na Emissora Nacional, o programa literário “Voz do Império”. Daniel Filipe iniciou a sua actividade literária em 1946 com Missiva, seguindo-se Marinheiro em Terra (1949), O Viageiro Solitário (1951), Recado para a Amiga Distante (1956), A Ilha e a Solidão (1957) – Prémio Camilo Pessanha; o romance O Manuscrito na Garrafa (1960), A Invenção do Amor (1961) e Pátria, Lugar de Exílio (1963).

Faleceu em 1964 em Cabo Verde.

 

 




 



hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano