Procurar imagens
     
Procurar textos
 

 

 

 

 

 


 

 

Maria do Sameiro Barroso

 

Na paisagem poética, o universo do ser

Pedro Tamen (homenagem na IV Bienal de Poesia de Silves)

2010
Minho

As vindimas da noite

Maria do Sameiro Barroso vence
Prémio de Poesia António Patrício 2008

2009
Nas vagas do tempo
As vindimas da noite
A PALAVRA E O TEMPO

2008

Na génese dos frutos
A mão semeada
Luz sobre o aberto

2007

ENSAIO
MÉDICAS NA ANTIGUIDADE CLÁSSICA
- Um rosto reencontrado
A HARPA ESTRANGULADA DO SILÊNCIO
A LIRA MÁGICA DA POESIA

TODESFUGE, DE PAUL CELAN
Com Ivo Miguel Barroso

O FEMININO NA LITERATURA MASCULINA
(A LUZ DAS MANHÃS MISTERIOSAS)
CASSANDRA — VOX FEMINA TRAGICA I
CASSANDRA — VOX FEMINA TRAGICA III
"A DUODÉCIMA AURORA"
AS PORTAS QUE ABRIL ABRIU
OS DEUSES GREGOS, DE SCHILLER (TRADUÇÃO)
JOÃO CURVO SEMEDO - EM BUSCA DA QUÍMICA DA VIDA
 
SOBRE A AUTORA
POMPEU MIGUEL MARTINS :
Um livro e a sua viagem (Meandros Translúcidos)
 

POESIA

NO JARDIM DOS LIVROS
A POESIA É UM OBJECTO RASGADO NA INOCÊNCIA
OS PULSOS PUROS, OS CABELOS LENTOS
AS ESSÊNCIAS DO MUNDO
JARDINS IMPERFEITOS
PRIMAVERA E CANTO
MEANDROS TRANSLÚCIDOS (pré-publicação)
POEMA PARA MARIA DO SAMEIRO BARROSO: ANTÓNIO RAMOS ROSA (IN "MEANDROS TRANSLÚCIDOS")
MNEMÓSINE
Com imagens de Martins Correia e posfácio de Ramos Rosa
OS VIOLINOS DE DVORÁK
CANCIONEIRO DE SILVES
POEMAS DE NATAL
POEMAS DO SILÊNCIO
SOBRE OS RIOS DO ESTIGE

Maria do Sameiro Barroso. Médica e escritora, é licenciada em Filologia Germânica, em Medicina e Cirurgia pela Universidade de Lisboa e Doutoranda da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Tem publicado livros de poesia, traduções e ensaios. Dedica-se à investigação da Medicina Antiga e à História da Mulher e ao estudo da Literatura Alemã. Integra os actuais corpos directivos do Pen Club Português. Ver mais informação em
http://pt.wikipedia.org/wiki/Maria_do_Sameiro_Barroso

 




 



hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano