Procurar textos
 
 

 

 

 

 






JOSÉ RÉGIO

TRÊS MÁSCARAS

Imagem da peça "Três máscaras", encenada por Nuno Nunes no Teatro da Trindade, em Lisboa (Abril-Maio de 2005)

Peça em um acto

PERSONAGENS:

COLUMBINA - PIERROT - MEFISTÓFELES - O HOMEM MASCARADO - A MULHER MASCARADA - UM CRIADO - A DONA DA CASA
- UM RANCHO DE MASCARADOS

ACTO ÚNICO

(A acção decorre na actualidade, durante um baile de segunda-feira de Entrudo, numa casa elegante da Capital. A cena representa uma sala próxima do salão de baile. Arranjo simples, rico, e de bom gosto. Grande porta envidraçada ao fundo, para uma varanda. Porta larga à esquerda, outra à direita. A sala está deserta ao subir do pano. Chegam, abafados, os sons dum terceto que toca no salão. Ouvem-se durante uma parte do diálogo, até que se indique silêncio. Columbina entra a correr pela esquerda, logo seguida de Pierrot. Mefistófeles sai-lhe ao encontro pela direita. Columbina corre até boca de cena, volta-se de repente para eles.)

 

INDICE

COLUMBINA – Estou então entre dois fogos?

Um bando de mascarados cruza a cena

Um casal de mascarados, foliando, entra pela esquerda

PIERROT (um pouco mais baixo) – Às vezes, de noite

Um criado entra pela direita

Saem ambos. Um silêncio

 
 
   

 

 

 


hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano