Os rios

DAVID AUGUSTO BENE […] Ao Manuel Nopeia Os rios. Cresceram desde o grande dilúvio. Muitos deles acabaram aliciando a calmaria dos grandes lagos. Dos grandes mares. Dos grandes oceanos. Descansaram para sempre. Alguns resistiram à gravidade e com o tempo conheceram os macacos. Na companhia deles, abriram a boca. Falaram e choraram. Pelos pequenos irmãos …

Sopros de Escolástica

ZUCA SARDAN A BRECHA Só Deus fala bem de Deus… Tod’a Escolástica é uma brecha na sebenta de Tio Finel Reitor Finel é professor  de Theologia Recauchutada no renomado Lyceo Pytanga sua Sebenta Perdida é uma referência pra Cola de Lyceo

Cavaleiro do Templo

PAULO BRITO E ABREU CAVALEIRO DO TEMPLO ( invoco, para a Musa minha, o 9 de Copas ) à Maria Azenha ao Jacob Levy Moreno à Hermética Irmandade dos Amigos da Luz Cavalgava noite fria, O ar gelava como açoite, E a Voz assim dizia: «Cavaleiro, boa-noite.» Travessei pelo Deserto Toda a noute, e onde …

A estupidez das guerras

FREI BENTO DOMINGUES, O.P. 1. Para O Livro do Desassossego, “as guerras e as revoluções – há sempre uma ou outra em curso – chegam, na leitura dos seus efeitos, a causar não horror mas tédio. Não é a crueldade de todos aqueles mortos e feridos, o sacrifício de todos os que morrem batendo-se, ou …

Pensamento e Filosofia

A.M. GALOPIM DE CARVALHO Deixei passar o Dia Mundial da Filosofia e, ao ler agora um texto de Helena Damião, de 16 de Novembro, alusivo à efeméride, parece-me oportuno deixar aqui algumas reflexões em torno deste tema. O pensamento, todos sabemos, é um produto imaterial do cérebro e o cérebro é matéria, é oxigénio, hidrogénio, …

Uma tristeza e uma vergonha

A.M.GALOPIM DE CARVALHO Que infelicidade caiu sobre uma significativa parcela do nosso povo, que rejeita, com o sorriso da ingenuidade ou da iliteracia, tudo o que convide a pensar, a reflectir, com verdadeiro conhecimento de causa, sobre o mundo que o rodeia. Um mundo, tantas vezes, nas mãos de políticos incompetentes e oportunistas de que …

Superação do mel

EDUARDO AROSO Quando te levam o mel à boca Terás ainda de percorrer o bosque Assaltos súbitos e provas de coragem. Exercita-te no inesperado para que possas Enfrentar as faces mutantes do mal. Não há roteiro de viagem Apenas a certeza que é para dobrar o mundo E saber da vida como quem percebe Um …