RUY VENTURA:::..::

 
 
 
 
Sobre Sebastião da Gama
Beleza em tempos de guerra
A eleição, a divisão e o caminho
Palavras que perturbam
Dois poemas que talvez sejam de Natal
A maldade de uma reforma administrativa
Pequenos indícios
A norma e a crise
Palavras que fazem ver
Generosidade
A poesia humilde de Fábio Gomes
Terra com sombra
Frutos e sementes de D. Manuel Falcão
A arte de desertificar
A depressão nacional
Llave de ignición
 
Portuguesia - Ao serviço do verbo
Corpo de Guerra, de Lucilio Santoni (tradução)
Persistência na metamorfose
Quatro poemas de Álvaro Valverde
LIVRO DE RUY VENTURA
TRADUZIDO NOS ESTADOS UNIDOS
O estudo da toponímia
Um comércio moribundo
A arquitectura e o seu uso
Seria bom trocarmos algumas ideias sobre o assunto

2009

Não há lugar na hospedaria
Dois livros de Carlos Garcia de Castro
DIÁLOGO INCESSANTE
Ruy Ventura conversa com Wilmar Silva
UMA DESNECESSIDADE ORTOGRÁFICA
São Paulo, de Pascoaes
(alguns apontamentos)
LEVEZA, RIGOR E LUMINOSIDADE
(sobre a arte de Saúl Dias e de Julio)
Sobre Sebastião da Gama
ANTONIO SÁEZ DELGADO: DIAS, FUMO
Tradução de Ruy Ventura
[de Luiz Pacheco aos seus abutres]
AL BERTO E JOAQUIM CARDOSO DIAS
(Vislumbres de uma Amizade)
OS AFORISMOS DE ANTÓNIO RAMOS ROSA
(brevíssimo apontamento seguido de antologia)
Anotações
PROSÉLITOS DO NEONATURALISMO
POESIA ORAL COM AUTOR:
UM TERRITÓRIO ULTRAPERIFÉRICO
2007
AS PALAVRAS DE BENTO
PESSOA E PASCOAES
HABITAÇÃO DO TEMPO
FRAGMENTOS DE UM RETÁBULO

RUY VENTURA (Portalegre, 1973). Mais dados em: www.ruyventura.blogspot.com

 

 




 



hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano