Eu era só p’ra dizer II

NICOLAU SAIÃO Participante do Movimento Surrealista Internacional .  Criador, com Mário Cesariny, do Bureau Surrealista Alentejo-Lisboa O SURREALISMO EM JEITO DE VAUDEVILLE… ESTATAL Conforme se pôde ler no diário “Observador”, foi há um par de dias inaugurado, em Famalicão, o denominado “Museu do Surrealismo”, na dependência e por manejo – dizem-me que luzido e competentemente afeiçoado …

Apostar no génio

BENTO DOMINGUES, O.P. Numa grande obra de arte, está inscrita uma abertura à transcendência. 1. Os dominicanos franceses, A. Couturier e P. Régamey, directores da famosa revista L’ Art Sacré (dos anos 50 do século passado), impuseram a si próprios, como critério nas escolhas dos artistas a convidar para as encomendas de novas igrejas, o …

A Literatura como possibilidade de formação e atuação na Educação Básica

  MARGARETE BERTOLO BOCCIA Margarete Bertolo Boccia (Brasil). Coordenadora do curso de Pedagogia . Unidade Vergueiro e EAD. Universidade Nove de Julho – UNINOVE O presente texto tem por objetivo descrever o projeto desenvolvido por alunos do curso de Pedagogia, com alunos de uma escola pública estadual da Educação Básica – Ensino Fundamental I – 1º ao 5º …

Muros de papelão

DAVID AUGUSTO BENE David Augusto Bene (Moçambique, 1994). Escritor e performer. Estuda Geologia numa universidade do Japão. […] Duas vidas. A minha estranha mania de ser gente. Nos dias que correm. Despeço-me numa. Abraço-me noutra. Numa perene ritmicidade. Parto-me como se a despedida fosse reencontros. Vejo-me amanhã, realidade. A parede é mais pura e real que  os …

Muelles de la palabra

FERNANDO CHELLE Muelles de la palabra   La evanescencia de la palabra me salva del mundanal ruido, las hay sentimentales, impresionistas, pintoras, son muelles del verbo eterno que nos roza en la garganta, en los pulmones. El himno gigante sigue anunciando y corre, se ramifica y como siempre se dilata en nuevas sombras. Las páginas …

Criação literária e cidadania em «Intermitências» de Manuel Daniel

JORGE AUGUSTO MAXIMINO Jorge Augusto Maximino (Portugal). Ensaísta e poeta. Prof. Universidade de Pádua, e investigador do CLEPUL – Universidade de Lisboa. O livro que leva por título significativo Intermitências  [*] está organizado em três secções, nas quais Manuel Daniel decidiu integrar teatro, poesia e um conjunto de textos, que são excelentes ensaios e memórias. …

Sombras da infância na poesia de Moura Campos

ADELTO GONÇALVES Adelto Gonçalves é doutor em Letras na área de Literatura Portuguesa pela Universidade de São Paulo e autor de Gonzaga, um Poeta do Iluminismo (Rio de Janeiro, Nova Fronteira, 1999), Barcelona Brasileira (Lisboa, Nova Arrancada, 1999; São Paulo, Publisher Brasil, 2002), Bocage – o Perfil Perdido (Lisboa, Caminho, 2003), Tomás Antônio Gonzaga (Imprensa …

Folhas de Outono

RUTE MARTINHO Folhas outonais Na Primavera me visitam Só Magritte para mas enviar. 21 de Maio de 2018 Rute Elisa Matos Martinho

Madame l’Euthanasie

MARIA AZENHA Camarada Morte, camarada Maldita! Que vos parece este poema desfeito? A alguns metros só vejo água ordenada Com pontuação absurda. É um massacre! A Morte é uma cadela raivosa ! “Les animaux doivent avoir jeûné la nuit précédant l’euthanasie .” Está na mão dos políticos! Tem duas patas . “Ele administrou drogas e …

Ballena 52

JORGE CONTRERAS HERRERA Hay en la poesía de Jorge Contreras Herrera (Tizayuca, 1978) un incendio interno, una llamarada constante de nostalgias y de sueños, el anhelo, el peso de la memoria y el retorno a esos recuerdos nos hablan desde el fondo de la revelación lirica del instante que se va y viene, de los …