ANTÓNIO JUSTO...
Dia de Camões e das Comunidades Portuguesas 2017
Obrigado pela Visita Senhor Presidente Rebelo de Sousa

O Presidente Rebelo de Sousa no dia das comunidades, visita os portugueses emigrados na tentativa de criar pontes entre as comunidades portuguesas e Portugal. 

Com a visita a Paris e agora ao Rio de Janeiro (São Paulo e Recife), o Presidente procura simbolicamente compensar, a nível afectivo, a ligação de Portugal aos portugueses, como que numa tentativa de remediar uma carência emocional positiva da sociedade portuguesa para com os seus compatriotas fora do país.

De facto, na opinião pública portuguesa nunca se deu relevância aos emigrantes nem ao seu relevante significado para o desenvolvimento económico do país.

Mais vale tarde que nunca! A má consciência das elites portuguesas perante o fenómeno da emigração e uma certa inveja depreciativa de grande parte da camada popular, por vezes, também fomentada por algum emigrante turista, parece começar a mudar-se para melhor.

Obrigado senhor presidente Rebelo de Sousa! A sua visita talvez dê aos Mídias portugueses a oportunidade de focarem os aspectos positivos que os Emigrantes trouxeram para Portugal, apesar do desconsolo e do desperdício que significa para uma nação o facto de muitos dos seus cidadãos terem de emigrar.

Ainda sobre o 10 de Junho de uma outra perspectiva: 10 de Junho http://antonio-justo.eu/?p=3163

 

A MÚSICA É A VOZ DA PAZ - UMA ARAGEM DIVINA A AFAGAR O MEDO

Música é a voz divina em ritmo religioso e profano


Fantástico, este espectáculo de beneficência! Ariana Grande, apesar das limitações que se lhe possam ser apontadas, afirma aqui a vida contra a morte, o amor contra o ódio! Concerto
na íntegra

O relativismo cultural que domina a cena pública tem favorecido a tolerância da desarmonia e a dissonância como ritmo comum.

A música diz não ao mundo rival convertendo as diferenças do texto e do discurso em ritmo livre, que leva à harmonia e à felicidade. Na música ouve-se a mensagem dos anjos, a fala de Deus em voz religiosa e profana. Ela deixa-nos sem fala e possibilita-nos ouvir a próprio voz interior e nela saborear os acordes da harmonia.

A música reúne no sítio da poesia o espírito e a matéria na mais simples expressão comum de felicidade. Nela se expressa a saudade da felicidade e se resolvem os problemas do entendimento. A música conduz à postura honesta que nos torna dignos pois nos afina e dá forças para cantarmos a vida em harmonia ao ritmo do universo.


ELEIÇÕES NO REINO UNIDO 

May perdeu parte do eleitorado, mas com os Unionistas Democráticos conseguirá um certo à vontade na governação.  

Equivocou-se ao querer antecipar as eleições numa altura em que os conservadores se encontravam de vento em popa.  

A sua argumentação de querer um mandato forte para melhor poder conduzir as negociações do Brexit com a EU foi deslegitimada nos seus objectivos, pelas eleições.  

Em consequência das eleições o RU deveria conduzir um Brexit mole e não duro, ao contrário do que ela queria. Facto é que as diferentes regiões do RU querem, apesar do Brexit, permanecer no mercado interno europeu e manter a isenção de impostos e maiores concessões em relação à imigração.  

Perdeu porque queria ganhar à custa dos já débeis; com o seu primeiro plano de pacientes com demência terem de gastar todo o seu capital (posses) na sua assistência e cuidados, alarmou o eleitorado. A redução de 19.000 de quadros da polícia quando ministra do interior, foi uma outra chamada de alerta.  

As negociações com a UE vão-se tornar muito mais complicadas para todos os lados com uma May fraca. Quem sabe se não haverá, passados tempos, novas eleições no RU.

 

António da Cunha Duarte Justo

Pegadas do Tempo, http://antonio-justo.eu/?p=4294

ANTÓNIO da Cunha Duarte JUSTO . Nasceu em Várzea-Arouca (Portugal). E-mail: a.c.justo@t-online.de.

Professor de Língua e Cultura Portuguesas, professor de Ética, delegado da disciplina de português na Universidade de Kassel .

PUBLICAÇÕES  

- Chefe Redactor de Gemeinsam, revista trimestral do Conselho de Estrangeiros de Kassel em alemão com secções em português, italiano, turco, françês, grego, editada pela cidade de Kassel, tiragem 5. 000 exemplares.

- Editor da Brochura bilingue: "Pontes Para um Futuro Comum – Brücken in eine gemeinsame Zukunft", editada na Caritas, Kassel

- Editor de "O Farol" , jornal de carácter escolar e social em colaboração com alunos, pais e portugueses das cidades de Bad Wildungen, Hessisch Lichtenau, Kassel, Bad Arolsen e Diemelstadt( de 1981 a 1985)

- Editor de „Boletim da Fracção Portuguesa no Conselho de Estrangeiros de Kassel (1984)

- Autor da Brochura „Kommunalwahlrecht für Ausländer – Argumente“ editada pela Câmara Municipal de Kassel, Fevereiro de 1987.

- Co-autor da Brochura „Ausländerbeiräte in Hessen - Aufgaben und Organisation“, editada pela AGAH e Hessische Landeszentral für politische Bildung, Wiesbaden, 1988.

Colaborador de vários jornais e do programa de rádio semanal de português de Hamburgo.

http://blog.comunidades.net/justo

http://antonio-justo.blogspot.com/

 

 

 




 



hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano