JOÃO SARMENTO PIMENTEL
Foto do Arquivo Científico Tropical:
http://actd.iict.pt/view/actd:AHUD21774
João Maria Ferreira Sarmento Pimentel (Eixes, Mirandela, 14 de Dezembro de 1888 — São Paulo, 13 de Outubro de 1987) foi um oficial de Cavalaria do Exército Português, escritor e político que se distinguiu na luta contra a Monarquia e governos ditatoriais. Como aluno da Escola do Exército participou nos movimentos da Rotunda, ao lado de Machado Santos, nos dias 3 a 5 de Outubro de 1910, de que resultou a implantação da República Portuguesa. Participou nas campanhas do Sul de Angola, esteve na Flandres, liderou revoltas várias, a última das quais em 1927. Exilou-se no Brasil, onde morreu, tendo entretanto vindo à Galiza para colaborar numa revolta falhada em 1931 e depois, no 25 de Abril, a Portugal, para festejar.
Pesquisa de Ilda Crugeira
 

Jornais e Seara Nova: notícias de Sarmento Pimentel

 

* DIÁRIO DE NOTÍCIAS

-  20 Fevereiro 1919,  “A Acção do Capitão Sarmento Pimentel”

------------------------------------------------------------------------------------------

 

* REPÚBLICA

- 15 Maio de 1974, Nº 15437, “ Chega amanhã o Comandante Sarmento Pimentel”.

- 16 Maio 1974, Nº 15438, “Um grande capitão”, Victor Cunha Rego

- 16 Maio 1974, nº 15438, “ A maior homenagem que posso ter é a liberdade e a democracia – afirmou Sarmento Pimentel hoje regressado de um exílio de 47 anos”.

- 18 Maio, 1974 Nº 15440, “Recepção carinhosa no Porto a Sarmento Pimentel”

 

* DIÁRIO DE NOTÍCIAS

- 5 Maio 1974, “Fala em regressar um dos primeiros exilados por causa da oposição à ditadura de Salazar.

- 15 Maio 1974, “Após 47 anos de exílio regressa a Portugal Sarmento Pimentel herói de quem a República há-de guardar o nome”.

-17 Maio 1974, Nº 38859, “Após 47 anos de exilio, voltou ontem a Portugal Sarmento Pimentel que no aeroporto recebeu um abraço do general Silvério Marques”

- Idem, pág. 2 “Após 47 anos de exilio o Comandante sarmento Pimentel regressou ontem a Portugal”

- 23 Maio 1974, “ O Capitão Sarmento Pimentel homenageado no Porto”

 

* COMÉRCIO DO PORTO

- 17 Maio 1974, Nº 134, pág. 1” Sarmento Pimentel regressa à Pátria 47 anos depois …”

- Idem, pág. 11, “Sarmento Pimentel: campeão da liberdade. Que os novos olhem pela República e pelo povo”

-18 Maio, 1974, Nº 135, pág. 1 “ O Capitão Sarmento Pimentel regressou ao Porto, após longos anos de exílio…”

- Idem, pág. 8 “Com sarmento Pimentel desde Aveiro à Costa Verde: Humberto Delgado foi assassinado pela Pide e Franco sabe quem o matou”

- Idem, “ Felicito-me por estar junto de vós nesta hora de alegria a que temos direito”

 

* DIÁRIO DE LISBOA (via Fundação Mário Soares)

- 17 Maio 1974, Nº 18460, ”Chegou ontem ao meio-dia…”

-18 Maio 1974, Nº 18461, “Sarmento Pimentel recebido em apoteose na cidade do Porto”

-19 Maio 1974, Nº 18462, “O Comício socialista no Porto”

 

* A CAPITAL

- 17 Maio 1974, Nº 2232, “Sarmento Pimentel quer ser deputado e ficar para o 5 de Outubro”

-19 Maio 1974, Nº 2234, pág.2, “ Comício Socialista no Porto. Mário Soares preconiza relações diplomáticas com U.R.S.S. e China”

 

* DIÁRIO POPULAR

- 15 Maio 1974, Nº 11336, pág. 21 “O Capitão Sarmento Pimentel regressa à pátria”

- 16 Maio 1974, Nº 11337, pág. 22 “ O Capitão Pimentel em Lisboa: foi reimplantada a República! ”

 

*O SÉCULO

- 17 Maio 1974, Nº 33066, pág. 1, “Regresso de Sarmento Pimentel”

- Idem, pág. 9, “Sarmento Pimentel: o mais longo exílio”

- 18 Maio 1974, Nº 33067, “ Apoteose à chegada ao Porto do Capitão Sarmento Pimentel”

-19 MAIO 1974, nº 33068, pág. 11, “ Pedido no Comício Socialista no Porto, Devem regressar os cem mil jovens que andam dispersos pela Europa”

 

* O PRIMEIRO DE JANEIRO

- 15 Maio 1974, Nº 132, pág. 8, “O Regresso do exílio de Sarmento Pimentel, fundador da República que derrubou a monarquia do norte”

- 16 Maio, 1974, Nº 133, pág. 10, “Sarmento Pimentel chega amanhã ao Porto”

- Idem, pag. 16, “ Manifestação de homenagem a Sarmento Pimentel ao chegar hoje a Lisboa”

- 17 Maio 1974, Nº 134, pág. 5, “Comício do partido socialista no Porto”; “O antigo exilado Capitão Sarmento Pimentel chega hoje ao Porto”

- Idem, pág. 9, “Comandante Sarmento Pimentel – fim de um exílio de 47 anos”

- 18 Maio 1974, Nº 135, pág. 1, “Sarmento Pimentel no Porto O meu coração é novo para vos agradecer neste momento”

- Idem, pág. 5 “Mensagem do ministro da Coordenação interterritorial”

- Idem pág. 8, “No Porto o Comandante Sarmento Pimentel”

- 19 Maio 1974, Nº 136, pág. 1, “Comício socialista no Porto, manifestação plena de unidade do povo”

- Idem, pág. 3, “Os Homens e as palavras”

- Idem, pág. 5, “ Jornada socialista no Porto”

-----------------------------------------------------

*   O PORTUGAL DEMOCRÁTICO

- Janeiro 1963, Nº 68, pág. 3 “Aos Patriotas portugueses”

- Idem, pág. 7 “Angola através dos textos”

- Fevereiro-Março 1963, Nº 69, pág. 8, “ Apoio de democratas Portugueses no Brasil”

- Maio 1974, Nº 186, pág. 1 “ A Liberdade em Portugal 25 de Abril e 1º de Maio datas históricas. Forças Armadas e povo confraternizam nas ruas”

- Idem, pág. 6  “Palavras de Sarmento Pimentel”

- Idem, pág. 7 “Comunicado”

* SEARA NOVA

- Junho 1974, Nº 1544 “João Sarmento Pimentel”

 
 

Diretório «Sarmento Pimentel» aberto a 19 de dezembro de 2014

 

 




 



hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano