Procurar textos
 
 

 

 

 







 
Biblos - Alexandria

O que diferentes Missionários da Guiné-Bissau escreveram sobre a própria Guiné-Bissau
Fr. João Vicente, ofm

 
Introdução:  

·        O que se escreve não é tudo na vida, nem mesmo o mais importante. Mas também não deixa de ser verdade que “os escritos permanecem”, ao passo que as simples palavras…“o vento as leva”! Escrever é uma forma de lutar contra o esquecimento e a morte, além de ser também uma valorização e um sinal de respeito pelo trabalho dos nossos irmãos e Irmãs. Infelizmente, os Missionários da Guiné-Bissau, tão generosos no trabalho pastoral e social, são frequentemente bastante descuidados no sentido de fixarem por escrito as alegrias e tristezas de seu trabalho missionário!  

Mas, graças a Deus, também há alguns Missionários que são sensíveis a este valor do testemunho escrito e é graças a eles que o legado de cada geração se vai passando às gerações seguintes e é também desta maneira que nos habituamos a experimentar e a apreciar o valor e a felicidade de sermos uma grande Família espiritual ainda em crescimento: a Igreja-Família de Deus na Guiné-Bissau, que desde há mais de 400 anos se vem afirmando gradualmente no espaço geográfico onde nos encontramos, com algumas páginas brilhantes mas também com outras páginas sombrias, na sua missão de ser, apesar da fraqueza humana de seus membros, “sinal visível” e “fermento” do Reino de Deus inaugurado por Jesus Cristo, o Seu Mestre e Senhor.  

·        Com base nestes pensamentos, comecei há vários meses a coligir os escritos dos Missionários que viveram e trabalharam na Guiné-Bissau (mesmo que por um tempo muito breve) e que escreveram sobre as várias realidades deste país da África Ocidental.  

Ao fim da recolha feita – e para surpresa minha! - tomei consciência de que, apesar da recolha não ser ainda exaustiva (algum dia o poderá ser?), ela revela já claramente que muitas e variadas coisas foram já realizadas mas que, infelizmente, quase todos os trabalhos escritos continuam ainda à espera de poderem ser impressos, apresentando-se apenas como simples escritos “policopiados”, ou seja: com um número reduzido de cópias, espalhadas por um pequeno grupo de amigos e frequentemente de difícil consulta para o grande público.  São mais de 150 as obras aqui referenciadas, a maior parte delas dos últimos 50 anos, como é compreensível. No fim da leitura das mesmas, o leitor poderá, também ele, julgar do seu real valor e novidade.  

·        Em termos de apresentação exterior das obras recolhidas, para distinguir as que são já impressas das que são apenas “policopiadas”, eu coloquei à frente das policopiadas justamente a designação “Policopiado”. Das que são já impressas, nada se diz, justamente para distinguir umas das outras mais facilmente.  

Ficaria muito feliz e interiormente recompensado se viesse a saber que alguém, depois de ler estas linhas, se decide a completá-las ou corrigi-las, com outras referências aos trabalhos escritos de Missionários não referidos nesta minha recolha, ou com o apontar de alguma incorrecção nos documentos que agora apresento. De facto, não me iludo de que, em História, as recolhas são sempre incompletas e, consequentemente, a Verdade histórica nunca é definitiva !.  

·        Na apresentação dos vários trabalhos escritos, seguirei a ordem alfabética, apenas por facilidades de consulta. Vejamos então:

 

ÁLVARES (P.Manuel), Etiopia Menor e Descrição Geographica da Serra Leoa (ano de 1616). Manuscrito existente na Sociedade de Geografia de Lisboa. Ano de 1616.  

AMBONA (António), La famiglia Jola come fondamento della comunità cristiana e luogo della “traditio” della fede. Tese de licenciatura em Missiologia, na Pontifícia Universidade Urbaniana, Roma, 2009. Policopiado. 

ANDREOLETTI (Luis), Ditus krioulos, isto é, Provérbios da língua crioula, colhidos na    Guiné-Bissau desde 1947 a 1984. Milão, s/d (1984?).  

ARAÚJO (Avito Fernandes de), Problemática matrimonial da disparidade de culto, no caso de alguém muçulmano com um cristão católico. Uma proposta para a diocese de Bafatá. Dissertação de fim de curso teológico no Seminário Interdiocesano de Bissau, em Direito Canónico, ano de 2009. Policopiado. 

BANHAL (Alberto Essondon), A Evangelização no mundo Felupe. Dissertação de fim de curso teológico, no Seminário Interdiocesano de Bissau, ano de 2010. Policopiado. 

BARREIRO (Admir Cristiano), A figura do Divino no mundo tradicional Balanta (Patche). Dissertação de fim de curso teológico no Seminário Interdiocesano de Bissau, ano de 2009. Policopiado. 

 

BARROS (Marcelino Marques de), “Guiné Portugueza, ou breve notícia sobre alguns dos seus uzos, costumes, língua e origem de seus povos”, in Boletim da Sociedade de Geografia de Lisboa, 1882. 

BARROS (Marcelino Marques de), Sete Cartas aos padres do Seminário de Sernache do Bonjardim, entre 1868 e 1878, sobre variados aspectos da vida na Guiné, in Annaes das Missões Portuguezas Ultramarinas, Almanach de lembranças luzo-brasileiro, etc. Algumas dessas cartas foram já publicadas em nosso estudo “Subsídios para a biografia do sacerdote guineense Marcelino Marques de Barros (1844-1929)”, in Lusitania Sacra, 2ª série, 4 (Lisboa, 1992), pp.438-455. 

BARROS (Marcelino Marques de), “Guiné Portugueza, Rios de Farim e de S.Domingos, rio de Bissau, as portas e as chaves dos rios Boduco e Farato”, Bolama, 4-10-1880, in Annaes das Missões Ultramarinas, 1889.  

BARROS (Marcelino Marques de), “Literatura dos Negros: contos, cantigas e parábolas”. Separata de A Tribuna, Lisboa, 1900, pg.3-122.  

BARROS (Marcelino Marques de), “A mancarra”, in Revista portugueza colonial e marítima, 1897-98, vol.2º, 1º anno, 2ºsemestre, nº12, pp.797-801. 

BARROS (Marcelino Marques de), “Carta ao Bispo de Cabo Verde sobre organização missionária da Guiné (31-12-1880)”, publicada por Henrique Pinto Rema, História das Missões Católicas da Guiné, Braga 1982, pp.311-315. 

BARROS (Marcelino Marques de), “Coisas da Guiné”, Bissau, s/d., in Novo Almanach  de lembranças luzo-brazileiro, ano de 1879. 

BARROS (Marcelino Marques de), “O Guineense”, in Revista Lusitana, Lisboa: - (1897-99): vol.V, pg.174-181; 271-300: tradições, ethnologia, -

  apontoados gramaticaes.

- (1900-1901), vol. VI, pg.300-317: themas de syntaxe.

- (1902), vol. VII, pg.300-317: vocabulário portuguez-Guineense.

- (1907), vol. X, pg.306-310: textos em prosa e verso.

 

BARUFFALDI (Mario), Esboço de gramática para uma ligação cultural. Mansoa, 1984. Policopiado. 

BASSANGUÊ (Tomás), Vulnerabilidade social: qual educação para crianças, adolescentes e jovens na Guiné-Bissau. Dissertação para bacharelato em Psicologia da Educação, na Pontifícia Universidade Salesiana. Roma, 2002. Policopiado.  

BASSANGUÊ (Tomás), Dialogo e coscientizzazione come processo d’educazione dei giovani e degli adulti perl o sviluppo in Guinea Bissau. Dissertação para licenciatura em Psicologia da Educação, na Pontifica Universidade Salesiana. Roma, 2004. Policopiado. 

BATTISTI (Ermano), Un cuore d’altri tempi, Pessano (Itália), s/d. 

BAÙ (Gentile), Memorie-diario sulla Missione di Biombo (Guinea Bissau). Dactilografado, conservado no Centro Missionario franciscano de Monselice (Pádua). Um texto, revisionado em 2009 por P.Rino Furlato, com o título “Usi dei Papéis di Biombo”, encontra-se na Sede Custodial franciscana, em Bissau.  

BERTO (Agnello), Mosaico Nero. Lonigo (Vicenza, Itália), 1964.  

BIASUTTI (Arturo), Venti anni in Guinea Portoghese (1946-1966). Ricordi personali e privati del padre Arturo Biasutti del PIME. Marino, Villa Scozzese (Italia), 1967. Policopiado.  

BIASUTTI (Arturo), Vokabulari kriol-purtguîs (Esboço -. Proposta de Vocabulário). Bafatá (Guiné-Bissau), 1982. (1ª edição). Segunda edição, com o mesmo título, Bubaque (Guiné-Bissau), 1987.  

BIASUTTI (Arturo), Jisus nô Salbadur. Esta obra foi escrita com o pseudónimo de PA BIÀS. Bubaque (Missão Católica), 1972. 

BICARI (Lino), Análise contrastiva entre Português e Crioulo Guineense (manual do professor das escolas bilingues nas Ilhas Bijagós). Bubaque (Guiné-Bissau), 2002.  

BILOPAS (Alberto), A concepção da vida no seio dos Balantas de Nhacra. Dissertação de fim de estudos teológicos, no Seminário Maior de Sebikothane (Senegal), 2005. Policopiado. 

BINHAGUE (Domingos), L’abandon du domicile conjugal: un défi pour l’Église en Guiné-Bissau. Quelle pastorale pour les jeunes en âge nubile? Dissertação de fim de curso teológico, no Seminário Maior de Sebikothane (Senegal), ano de 2006. Policopiado. 

BRESSAN (Diego), Vittorio Bicego, missionário laico a San Francesco della Floresta. Comunidade missionária Franciscana S.Francisco da Floresta. Vittorio Veneto (Treviso, Itália), 1989. 

BUIS (Pierre), Essai sur la langue manjaco de la zone de Bassarel. Bissau, 1990. 

CÁ (Domingos), La notion du Bol chez les Pepel et le sacrifice dans la Bible.  Dissertação de fim de estudos teológicos no Seminário Maior de Sebikothane (Senegal), em 1990. Apontamentos dactilografados.  

CÁ (José Lampra), Le cinquième commandement de Dieu et “Bol mindioni”. Dissertação de fim de curso teológico, no Seminário Maior de Sebikothane (Senegal), em 1997. Policopiado.  

CAMILLERI (Salvatore), A Identidade cultural do povo Balanta. Lisboa, 2010. Publicação parcial da Dissertação de licenciatura apresentada na Universidade de Génova (Faculdade de Filosofia), no ano académico de 1994-95, com o seguinte título. “Identità culturale dell’uomo africano atraverso i riti d’iniziazione presso il popolo “Brasa”, Guinea Bissau – Africa Occidentale.  

CARDOSO (Henrique Lopes), “Pequeno Vocabulario do Dialecto Pepel”, in Boletim da Sociedade de Geographia de Lisboa, 20ª série, Julho de 1902, nº 7, pg. 121-128. 

CARVALHOSA (Martinho), “O ensino missionário na Guiné”, in Inquérito sobre o mais grave problema missionário das dioceses ultramarinas. Missão para o estudo da missionologia africana, Lisboa, 1961.  

CELSO (Daniela), Crioulo para estrangeiros. Saronno (Itália), 2007. 

CORREIA (Lino), O Exorcismo, uma necessidade para a Diocese de Bissau. Dissertação de fim de estudos teológicos, no Seminário Maior de Sebikothane (Senegal), ano de 2006. Policopiado.  

COSSA (Armando), La Mission et l’évangelisation selon la legislation canonique. Application dans le diocèse de Bissau. Dissertação de doutoramento em Direito Canónico, na Pontificia Universidade “Antonianum”, Roma, 2008. Policopiado. 

COSSA (Armando), Péché dans la Bible et dans la société Balanta-Brassa. Dissertação de fim de curso teológico, no Seminário Maior de Anyama (Costa do Marfim), 1997. Policopiado.  

COSSA (Armando), CHIARELLA (Danièle) e BABBINI (Guerrino), La terra dei gamberi e sentieri dei Balanta. Borgaro Torinese (Itália), 2011. 

CUMBA (Bernardo da Cunha), A evangelização e a realidade do casamento tradicional e da família nos Balantas de Pete (Guiné-Bissau). Dissertação para doutoramento em Teologia (2º grau canónico), na Universidade Católica Portuguesa, Lisboa, 2010. Policopiado.   

CUMURA, sulle frontière della fame e della lebbra. Ao cuidado dos Missionários de Cumura e do P.Pacifico Pasetto. Monselice (Pádua, Itália), 1985. 

CUMURA, un germoglio di speranza. Ao cuidado dos Missionários Franciscanos da Guiné-Bissau e do Secretariado Provincial para a evangelização missionária da Província Véneta de Santo António. Monselice (Pádua, Itália), 1992.  

CUMURA, 25 anni in Guinea Bissau per Cristo e per i lebbrosi. Ao cuidado dos Missionários e do P.Pacifico Pasetto. Monselice (Pádua, Itália), 1980.

DA CHIESA A CHIESA: il senso della cooperazione tra le chiese a partire da una experienza concreta: Verona–Guinea Bissau. Verona, 1988.  

DARCY (Augusto Alves), Crescer em comunhão. Bissau, 1992. Policopiado. 

DINIS (A.J.Dias), “As tribos da Guiné Portuguesa na História (Algumas notas)”, in Congresso comemorativo do VºCentenário do Descobrimento da Guiné, Lisboa, 1946, I, pgs.241-271.  

DINIS (A.J.Dias), “O problema do ensino aos indígenas na colónia da Guiné”, in Portugal em África, nº26-27.  

DINIS (A.J.Dias), “As Missões Religiosas da Guiné”, in Boletim Mensal das Missões Franciscanas e Ordem Terceira, 1937 (pg.25-28; 263-269; 359-364; 403-406; 447-451; 505-507); 1938 (pg. 25-29; 71-75; 113-116; 303-309; 352-357; 403-407; 450-454; 503-507); 1939 (pg.116-118; 220-224; 257-262; 284-291); 1941 (pg.226-232). 

DINIS (A.J.Dias), “As missões católicas na evolução político-social da Guiné” , in Biblos, XIX (1949), pgs.167-228.  

DINIS (A.J.Dias), “Costumes dos indígenas na lha de Bissau”, in Portugal em África, 2ª série (1945), pgs. 159-165 e 223-225.  

DJATA (Augusto), “La problematica del creolo vista della Guinea Bissau”, in Creolo o black Portuguese? Atti del convegno OMCVI, Roma, 2001, pg.31-34. 

DJATA (Augusto), A língua nacional crioula e evangelização na Guiné-Bissau do séc.XX (1932-2000). Reflexões para uma espiritualidade missionária. Dissertação para licenciatura em Espiritualidade no Pontificio Ateneo Antonianum, Roma, 2002. Policopiado. 

DIOCESE DE BISSAU, Mensagens do Papa João Paulo II na Guiné-Bissau (27/28 de Janeiro de 1990). Bissau-Lisboa, 1990.  

DIOCESE DE BISSAU,  Sono allora africano? Raccolta di lettere alla famiglia (1943-1999). Verona, 2009. Cartas de D.Settimio Ferrazzetta aos seus familiares. 

DIOCESE DE BISSAU, Esperança num futuro melhor. Carta pastoral do Bispo de Bissau, D.Settimio Ferrazzetta. Diocese de Bissau, Janeiro de 1994. Policopiado. 

DIOCESE DE BISSAU, “Meu filho, guarda no teu coração os meus preceitos” (Prov.3,1). Carta pastoral do Bispo de Bissau, D.Settimio Ferrazzetta, aos jovens católicos da Guiné-Bissau. Bissau, 5 de Dezembro de 1993. Policopiado. 

DIOCESE DE BISSAU,  Mensagem do Bispo de Bissau, D.Settimio Arturo Ferrazzetta, para o Ano Internacional da Família (1993-94). Diocese de Bissau, Dezembro de 1993. Policopiado. 

DIOCESE DE BISSAU, Implantação da Congregação das “Irmãs Evangelizadoras do Divino Espírito Santo”, da Diocese de Bissau. Homilia escrita do Bispo D.Settimio Ferrazzetta, na sé catedral de Bissau, em 19 de Setembro de 1993, importante para se entender o que o Bispo sonhava para a nova Congregação diocesana. Policopiado. 

DIOCESE DE BISSAU, A Verdade vos libertará. Carta pastoral do Bispo D.José Câmnate na Bissign,, na abertura da celebração do 30º aniversário da Diocese de Bissau, Bissau, 26 de Novembro de 2006. Policopiado. 

DIOCESE DE BISSAU, Bem formar a consciência moral, para melhor testemunhar nossa fé em Cristo Ressuscitado. Carta pastoral do Bispo D.José Câmnate na Bissign, em 28 de Setembro de 2010. Policopiado.

DIOCESE DE BISSAU, Caminhos Africanos, Boletim da Diocese, nascido em 1979 e publicado com certa regularidade até Junho de 1998. Após o conflito militar de 1998/99, despertou ainda temporariamente em 2004, mas há já alguns anos que se encontra “adormecido”.  

DIOCESE DE BISSAU (Comissão diocesana da Catequese), Jesus di Nazaré, Bissau, 1988.Policopiado.  

DIOCESE DE BISSAU (Autores vários).  Catecismo crioulo. Farim, Missão Católica, 1954.  

DIOCESE DE BISSAU, Plano de Acção Pastoral (2008-2014), Igreja-Família de Deus. Ano de 2008. Policopiado.  

DIOCESE DE BISSAU, Missal Ferial na Criol. Pessano (Itália), organização de P.Dionisio Ferraro e sua equipa. Ano de 1987.  

DIOCESE DE BISSAU, Missal Dominical na Criol, ANO C. Varese (Itália), organização de P.Dionisio Ferraro e sua equipa. Ano de 1987. 

DIOCESE DE BISSAU, Bô bin djubi. Varese (Itália), organização de P.Dionisio Ferraro e sua equipa. Ano de 1988.   

DIOCESE DE BISSAU Comissão Vocacional diocesana), A Igreja que somos, 1ª Edição (Agosto de 1993) e 2ª edição (Maio de 1995).  

DIOCESE DE BISSAU, Quatro Vangelhos cu Atos di Apóstolos na Criol. Varese (Itália), organização de P.Dionisio Ferraro e sua equipa.  

DIOCESE DE BISSAU, Nobo Testamento na Criol. Varese (Itália), organização de P. Dionisio Ferraro e sua equipa. Ano de 1991. 

DIOCESE DE BISSAU, Katekese kriol ku Balanta. Organização de P.Dionisio Ferraro e sua equipa, Saronno (Itália), 2009. 

DIOCESE DE BISSAU (Comissão de Liturgia), ANU A (novo Leccionário Crioulo). Bissau, 2010. ANU C, Bissau, 2009. Policopiado. 

DIOCESE DE BAFATÁ, Balafon da Diocese, Jornal da Diocese de Bafatá. Com publicação regular desde Janeiro de 2005. Policopiado. 

DIOCESE DE BAFATÁ, Mensagem do Bispo de Bafatá, em 25 de Maio de 2009, no lançamento da campanha de educação cívica nacional, na altura das eleições presidenciais de 2009. Policopiado. 

DIOCESES DE BISSAU E BAFATÁ (Comissão interdiocesana de Comunicação social), O Homem na visão da Igreja. Bissau, 2005.  

DIOCESES DE BISSAU E BAFATÁ (Comunicação interdiocesana de Comunicação social), A Igreja e a Comunicação social. Bissau, 2005. 

DIOCESES DE BISSAU E BAFATÁ (Comissão interdiocesana de Comunicação social), A Igreja e os Direitos Humanos. Bissau, 2005.  

DIOCESES DE BISSAU E BAFATÁ, BISSIGN ,” Caminhemos para uma autonomia económica no espírito da Igreja-Família de Deus”. Carta pastoral dos dois Bispos. Bissau, Maio de 2004. Policopiado.  

DIOCESES DE BISSAU E BAFATÁ, “Natal da Reconciliação, Justiça e Paz”. Mensagem natalícia dos Bispos da Guiné-Bissau. Bissau, Natal de 2009. Policopiado.  

DIOCESES DE BISSAU E BAFATÁ, Mensagem dos Bispos da Guiné-Bissau, na altura das eleições legislativas de 2008, intitulada: “Fidju di si n’sibiba, ca ta padidu” (“Mais vale prevenir que remediar”). Policopiado. 

DIRECTÓRIO MISSIONÁRIO DA MISSÃO “SUI IURIS” DA GUINÉ. Lisboa, 1952. 

FACCOLI (Mario), Una vita missionaria in Guinea Bissau. Saronno (Itália), 2009. 

FARO (Fr. André de), “Relação do q. obrarão na segunda missão, os annos de 1663 e de 1664, os religiosos capuchos da prouinçia da piedade, do Reyno de Portugal, em a terra firme de guine na conversão dos gentios” (….), publicada por LUIS DA SILVEIRA, Peregrinação de Fr. André de Faro à Terra dos Gentios, Lisboa, 1945. 

FASPEBI, CIDAC, CESTAS, TININGUENA, UICN, O Ensino Básico e o desenvolvimento local no Arquipélago dos Bijagós. Mesa redonda, em Bubaque (30 Janeiro – 1 Fevereiro 1998). Policopiado. 

FERNANDES (Francisco), A justiça jurídica na Guiné-Bissau, virtude e valor ético fundamental para a construção do Bem comum. Dissertação de fim de estudos teológicos no Seminário Interdiocesano de Bissau, ano de 2009. Policopiado.  

FILIPPI (Giovanni), Veronese à Cafal (1982-2002). Verona, 2007. 

FIORAVANTI (Maurizio) ET ALII, Medicamentos tradicionais da Guiné-Bissau. Mansoa (Missão Católica), 2009. Policopiado. 

FONSECA (Domingos da), L’humanité du Christ. Essai d’étude christologique pour une évangelisation du peuple mancagne. Dissertação para doutoramento em teologia dogmática, Roma 1993. Policopiado.  

FONSECA (Domingos da), Os Mancanhas. Parte impressa da dissertação para doutoramento em teologia dogmática, na Pontifícia Universidade Urbaniana de Roma, defendida em 1993.  Bissau, 1997. 

FONSECA (Domingos da), A Evangelização e os Mancanhas da Guiné-Bissau. Comunicação apresentada ao Colóquio histórico de Bissau, no Centro cultural português (1-3 Dezembro, 1997). Policopiado. 

FUMAGALLI (Giuseppe), Missal e Leccionário em Felupe de Suzana. Suzana (missão Católica), 2005. Policopiado. 

FUMAGALLI (Giuseppe), Elob aî Lata Ai. O Novo Testamento em Jola-Felup de Suzana. Suzana (Missão Católica), 2003.  

FUMAGALLI (Giuseppe), A família na Igreja-Família de Deus. Suzana (Missão Católica), 2002. Policopiado. 

FUMAGALLI (Giuseppe),  Evangélio de João. Suzana (Missão Católica), 1998. Policopiado. 

FUMAGALLI (Giuseppe), Notizie di Katon. 25 anni di lettere agli amici. Vol.I (1997), Suzana (Missão Católica). Policopiado.  

FUMAGALLI (Giuseppe), Evangélio de Mateus. Suzana (Missão Católica), 1996-b. Policopiado. 

FUMAGALLI (Giuseppe), Ussalal Emit ai. Cânticos em Felup e Kriol (Reportório de cânticos e salmos, originais / traduzidos, postos em música original / importada. Suzana (Missão Católica), 1996-a. Policopiado. 

FUMAGALLI (Giuseppe), Apontamentos de gramática da língua Jola-Felup. Suzana (Missão Católica), 1995. Policopiado. 

FUMAGALLI (Giuseppe), Apontamentos e notas sobre o estudo da língua na Guiné-Bissau. O Criol a partir do Felup. Suzana (Missão Católica), 1980. Policopiado.  

FUMAGALLI (Giuseppe), Vocabulário Felup-Italiano-Português. Suzana (Missão Católica), 1993. Edição electrónica. 

FUMAGALLI (Giuseppe), Catecismo kukristian aku mame. Tradução e adaptação do “Chrétiens aujourd’hui” em Felup de Suzana (2 vols.). Suzana (Missão Católica), 1979. Policopiado.  

FUMAGALLI (Giuseppe), Djesus auol-ola-m maul olal Eronh ai inkul ai. Katsismu Iate katekumenadu elibir iatiar ãi. Tradução e adaptação das 25 primeiras lições de Catequese de “Chrétiens aujourd’hui”. Suzana (Missão Católica), 1978. Policopiado. 

FUMAGALLI (Giuseppe), Evangélio de Marcos. Suzana (Missão Católica), 1976. Policopiado. 

FUMAGALLI (Giuseppe), Appunti di Gramatica della Lingua Felup parlata à Suzana.  Suzana (Missão Católica), 1997. Policopiado.  

FUMAGALLI (Giuseppe), Actos dos Apóstolos. Suzana (Missão Católica), 1975 (1ª edição) e 1999 (2ª edição).  

FUMAGALLI (Giuseppe), Evangélio de Lucas. Suzana (Missão Católica), 1970. Policopiado.  

FUMAGALLI (Giuseppe), Apontamentos pedagógico-didáticos para docentes de escola primária bilingue Felup-Português. Suzana (Missão Católica), 1970. Policopiado. 

FURLATO (Rino), Evangelizadores da Guiné, Safim, 1997. Policopiado. 

FURLATO (Rino), Frati Minori della Provincia Veneta in Guinea Bissau, in occasione del 50º aniversario dell’arrivo (1955-2005). Safim, 2003. Policopiado,  

FURLATO (Rino), História de Safim. Ano de 1998. Policopiado. 

FURLATO (Rino), Aceno histórico sobre a ocupação e a independência da Guiné. Safim-Nhoma, 1993. Policopiado. 

FURLATO (Rino), Estradas da Guiné, com atenção particular às pontes sobre o rio Corubal e a ponte de Ensalmá. Ano de 1993. Policopiado. 

FURLATO (Rino), Una vita per i lebbrosi, Fra Giuseppe Andreatta, ofm. 1ª edição. Quinhamel, 2007. Policopiado. 

FURLATO (Rino), Ocupação da Guiné Portuguesa, 3ª edição. Quinhamel, 2009. Policopiado. 

FURLATO (Rino), História de Safim, 2ª edição ampliada. Caboxanque, 2009. Policopiado. Teve uma 1ª edição em 1991, com o título “Relatório histórico-religioso de Safim (1953-1991).  

FURLATO (Rino), Notícias históricas sobre a Missão Católica de Nhoma. Nhoma, 1994. Policopiado.  

GALLINARO (Rino), “I Balanta: una tribu della Guinea-Bissau”, in Mondo e Missione (Junho-Julho 1980), pgs. 387-413. 

GHEDO (Piero), Missione Bissau. I 50 anni del PIME in Guinea- Bissau (1947-1997). Bolonha, 1999. 

GHEDO (Piero), Leopoldo Pastori. Il missionário Monaco della Guinea-Bissau (1939-1996). Bolonha, 2006.  

GERLIER (Michel), Variados trabalhos escritos em manjaco, nomeadamente: Guia de conversação em francês e manjaco, Catecismos,Celebrações da Palavra e Leccionários completos do ano litúrgico, etc. 

GOMES (Alberto), La divination et la foi chrétienne (Guinée-Bissau). Dissertação para licenciatura em pastoral no ICAO (Costa do Marfim), 2005. Policopiado. 

GOMES (Bernardo), A virtude moral da Justiça em S.Tomás, aplicada à Guiné-Bissau. Tese de licenciatura em Teologia moral, apresentada na Pontifícia Universidade Lateranense (Academia Alfonsiana), Roma, 2001. Policopiado.  

GOMES (Bernardo), O pensamento ético de Jacques Maritain e a sua contribuição no desenvolvimento sociopolítico da Guiné-Bissau. Tese de licenciatura na Pontifícia Universidade S.Tomás de Aquino (“Angelicum”), Faculdade de Ciências Sociais, Roma, 2005. Policopiado. 

GOMES (Cesário Francisco Mendes), A concepção de Deus na religião tradicional manjaca e a visão de Deus na 1ª Carta de S.João (4,7-21). Perspectivas para a evangelização do povo manjaco. Dissertação de fim do curso teológico, no Seminário Interdiocesano de Bissau. Bissau, 2009. Policopiado. 

GONÇALVES (Manuel Pereira), A missionação dos Jesuítas e dos Franciscanos nos Rios de Guiné, no séc. XVII. Tese de Mestrado em História Moderna, apresentada à Faculdade de Letras de Lisboa. Lisboa, 1992, 2 vols. Policopiado.  

GONÇALVES (Manuel Pereira) e VICENTE (João Dias), Breve história da Evangelização da Guiné. Cucujães (Portugal), 1997. 

GRILLO (Antonio), Catechismo Balanta. Guiné-Bissau, 1957. Policopiado. 

GRILLO (Antonio), “I miei Balantas e un sogno nel cuore”, in Venga il tuo Regno. Nápoles, Maio de 1988. 

INFANDA (Domingos Tchigna), A figura de Dom Settimio Arturo Ferrazzetta no processo de reconciliação e de paz, durante o conflito de 1998/99. Dissertação de fim de ciclo de teologia, no Seminário Interdiocesano de Bissau, Maio de 2009. Policopiado. 

INFANDA (José Nhaga), Participação da Igreja Católica da Guiné-Bissau no conflito político-militar de 1998/99. Dissertação de fim de ciclo teológico, no Seminário Interdiocesano de Bissau, Maio de 2009. Policopiado.  

JAQUITÉ (Keylândio Abdulai), Um olhar abrangente. A percepção dos alunos sobre a sua escola e o nível de satisfação e desempenho académico. Um estudo de caso (o Liceu João XXIII, em Bissau). Tese de licenciatura em Psicologia da Educação, na Universidade Católica Portuguesa (Faculdade de Educação e Psicologia). Porto, 2011. Policopiado. 

LÍDERES RELIGIOSOS das Comunidades Católica, Evangélica e Muçulmana da Guiné-Bissau, “Si nô sumia bentu, nô na cudji turbada; si nô sumia Bardadi, nô na cudji paz” (“Se semeamos ventos, colheremos tempestades; se semearmos a Verdade, colheremos a paz”). Mensagem ao Povo da Guiné-Bissau, feita em 2 de Abril de 2009, assinada pelos dois Bispos Católicos, por 2 pastores Evangélicos e por 2 “Aladjes” muçulmanos. 

LONGO (Fabio), I frati Minori veneti in Guinea-Bissau: 50 anni di storia da ricordare (1955-2005). Monselice (Padova, Italia), 2005. Ristampa reveduta e correta, 2006. Tradução portuguesa com o título Os Frades Menores de Veneza na Guiné-Bissau: 50 anos de história para recordar (1955-2005), Monselice (Pádua, Itália), 2009.  

LOPES (Fernando Félix), “Missiones Lusitaniae in Africa”, in Historia Missionum Ordinis Fratrum Minorum, II (Africa), Roma, 1967, pgs. 27-60. 

MACEDO (Francisco de), “A Educação na República da Guiné-Bissau: o passado, as transformações no presente, as perspectivas de futuro”, in Itinerarium, 1997, pgs.158-194. 

MAGALHÃES (Cónego António Miranda), Projecto de Organização Missionária da Guiné (Bolama, 9-6-1931), in Arquivo da Diocese de Bissau, (“Vigário Geral”, 1931). 

MARCHI (Maristella De), Noções de Gramática da Língua Balanta. Mansoa (Missão Católica), 1986. Policopiado.  

MARCHI (Maristella De), Pesquisa sobre alguns aspectos da cultura Balanta (etnia da Guiné-Bissau) e sua relação com o Cristianismo. Ano de 1995. Dactilografado. 

MARMUGI (Spartaco), Katekismu di Elob Ai lata Edjulei. Suzana (Missão Católica), 1971. Policopiado. 

MARMUGI (Spartaco), Vocabulario Italiano-Felupe. Suzana (Missão Católica, (1966?). Policopiado. 

MARMUGI (Spartaco), Katesismu kata kudjul eku kata Suzana. 1ª edição, Suzana (Missão Católica), 1960; 2ª edição, Suzana, 1963. Policopiado. 

MASSARI (Flora), Una Chiesa ascolta, si presenta, si coinvolge. Guinea-Bissau. Tese de Mestrado em Ciências religiosas, no Instituto de Ciências Religiosas (Trento, Itália), ano académico de 1995/96. 

MENCAGLI (Kirsten Andersen), “Medicina Tradicional”. Diocese de Bissau, Bol.nº4 de SEDEPRU, 1992. Policopiado.  

MOTA (Fr. Francisco da), “Informe y Relacion (…) del modo com que los Negros de (…)Costas y Rios (de guinea) se compran y son reducidos a cautiverio” (14-4-1686). Publicado por AVELINO TEIXEIRA DA MOTA, As Viagens do Bispo D.Fr. Vitoriano Portuense à Guiné e a Cristianização dos Reis de Bissau. Lisboa, 1974, pp.49-54 (apresentação) e pp.121-133 (transcrição, em espanhol do manifesto anti-esclavagista, na Biblioteca da Ajuda, 54-xiii-15). 

MUNNO (Settimio), “Credenze e costumi dei Balanta”, in Terra d’Africa, Milão, 1958, pgs.67-86. 

MUTNA (Augusto), Linhas para uma pastoral da Comunicação Social na Guiné-Bissau. Tese de licenciatura em Comunicação Social, no Pontifício Instituto Salesiano. Roma, 2010. Policopiado. 

N’DAME (Centro de Espiritualidade), Ir. Giulia Dell’Accio, Oblata do Sagrado Coração de Jesus, “Para que os sacerdotes sejam santos”. N’Dame (Bissau), 1995. Pró-manuscrito. 

NDEQUE (Massiev), O primeiro anúncio do Evangelho ao povo Mancanha. Dissertação de fim de estudos teológicos, no Seminário Interdiocesano de Bissau, ano de 2009. Policopiado. 

NHAGA (Francelino António), Relação Igreja e Estado em África Subsahariana. Quarenta anos de coabitação. Dissertação para doutoramento em Direito Canónico, na Pontifícia Universidade Urbaniana. Roma, 2000. Policopiado. 

OLIVEIRA (Abraão Cabral), Os Jovens e a Violência: o caso da Guiné-Bissau. Dissertação de fim de estudos teológicos, no Seminário Maior de Sebikothane (Senegal), ano de 2001. Policopiado. 

O ARAUTO, Jornal da Missão “sui iuris” e da Prefeitura Apostólica da Guiné, iniciado em Bolama (Maio de 1943), passando depois para Bissau (1945), conseguindo sair com certa regularidade durante quase 25 anos, até 15 de Abril de 1968, altura em que foi extinto. 

PIME, “Guinea: piano pastorale, India, pensieri di Delhi”. Inforpime, nº 1, Roma, 1972. Pro-manuscrito. 

PIME, “Religione tradizionale Africana. Dialogo e Annuncio”. Quadedrni Inforpime, nº 70, Roma, 2003. 

PIME, “Panafricana PIME, Gennaio 1998. Quaderni Inforpime, nº 59. Roma 2003. Pro-manuscrito.  

PUSSETTO (Luigi) e TAMBA (João), Dicionário Balanta-Português, Mansoa, Quimbanhá. Bissau 2005. Policopiado. 

QUEMATCHA (Victor Luis), Vision de la mort chez les Balantas (de Guinée-Bissau). Memória de fim de curso filosófico, Lomé (Togo), 1993. Policopiado.

QUEMATCHA (Victor Luis), L’apport de l’Église Catholique au processus de paix et de reconciliation en Guinée-Bissau à la suite du conflit armée de 1998/99. Dissertação para licenciatura em Teologia Moral na Pontifícia Universidade Lateranense, Academia Alfonsiana (Instituto Superior de Teologia Moral), Roma, 2006. Policopiado,  

REMA (Henrique Pinto), “As Missões Católicas Portuguesas no Atlântico Sul, no séc.XVII”, in Itinerarium, 1997, pgs. 493-552. 

REMA (Henrique Pinto), Aculturação e inculturação na gesta dos Descobrimentos portugueses. Comunicação ao Colóquio histórico de Bissau (1-3 Dezembro, 1997). Policopiado. 

REMA (Henrique Pinto), Encontro da cultura portuguesa com a cultura africana da Guiné. Comunicação ao Colóquio histórico de Bissau (1-3 Dezembro, 1997). Policopiado. 

REMA (Henrique Pinto), Baptismo de Príncipe Jalofo em 1488, na corte de D.João II, e o método missionário na época dos Descobrimentos. Comunicação ao Congresso Internacional sobre Bartolomeu Dias e sua época (21-24 Setembro, 1988), Maia (Portugal). Dactilografado.  

REMA (Henrique Pinto), História das Missões Católicas da Guiné. Braga, 1982. 

SÁ (Florinda Costa e), Estudos bilingues. Dissertação para licenciatura em Pedagogia na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Belo Horizonte (Brasil), 2004. Policopiado.  

SAMBOU (Abraham Ambessum), Évangelisation à Suzana (Guinée-Bissau). Dissertação de fim de curso teológico, no Seminário Maior de Sebikothane (Senegal), 1994. Policopiado.  

SANTOS (Raxido Marcelo dos), Os Mancanhas e a Evangelização (1932-1973): relações existentes entre o poder tradicional mancanha (de Bula) e os primeiros missionários franciscanos. Dissertação de fim de curso teológico, no Seminário Interdiocesano de Bissau. Maio de 2009. Policopiado. 

SCANTAMBURLO (Luigi), Língua bijagó da Ilha de Canhabaque (Bko). Apontamentos gramaticais e Dicionário Bijagó-Português-Guinense e Português-Guineense-Bijagó: Dialectos de Canhabaque (Bko) e de Meneque-Orangozinho-Canogo (Bmoc). Bubaque, 2000. Policopiado. 

SCANTAMBURLO (Luigi), Gramática do Crioulo guineense, para os alunos de V-VI classe na escola bilingue Crioulo guineense-Português. Bubaque, 2008. Policopiado. 

SCANTAMBURLO (Luigi), O Ensino Básico e o Desenvolvimento local no Arquipélago dos Bijagós. Mesa redonda, em Bubaque (30 Janeiro-1 Fevereiro 1998). Bubaque, 1998. Policopiado. 

SCANTAMBURLO (Luigi), “O Ensino Bilingue nas Escolas das Ilhas Bijagós (Crioulo Guineense-Português”), in MATHEUS (H.M.) e TEOTÓNIO (L.P.), Língua Portuguesa e Cooperação para o Desenvolvimento. Lisboa, 2005.  

SCANTAMBURLO (Luigi) e GOMES (B.), Istoria di Salbason. Vol.I. Deus Pape, Kriadur di pekaduris. Bubaque (Missão Católica), 1992. Policopiado.

SCANTAMBURLO (Luigi) e GOMES (B.), Istória di Salbason, vol.II: Jesus Fidju di Deus, padidu suma pekadur. Bubaque (Missão Católica), 1992. Policopiado. 

SCANTAMBURLO (Luigi), A Etnografia dos Bijagós da Ilha de Bubaque, Lisboa, 1990. 

SCANTAMBURLO (Luigi), The Ethnography of the Bijagós people of the Island of Bubaque, Guinea-Bissau. Tese de Mestrado, na Wanyne State University (USA), 1976. 

SCANTAMBURLO (Luigi), “O mundo religioso dos Bijagós e a Evangelização”. Comunicação ao Colóquio histórico de Bissau (1-3 Dezembro 1997, no Centro Cultural Português de Bissau). Apontamentos dactilografados. 

SCANTAMBURLO (Luigi), Dicionário do Guineense. Vol.I: Introdução e notas gramaticais, Lisboa-Bubaque, 1999; Vol.II: Dicionário Guineense-Português / Disionariu guineensi-purtuguis. Lisboa-Bubaque, 2002. 

SCANTAMBURLO (Luigi), Gramática e Dicionário da Língua Criol da Guiné-Bissau. Bolonha, 1981.  

SCIOCCO (Davide), Gioia e Liberazione. Bolonha, 2001. (São cartas escritas, da Guiné-Bissau, aos amigos italianos). 

SIBANDIÓ (Marcos Baliu), La sterilité conjugale dans le milieu djola kadiamoutay de Suzana et morale chrétienne: pour un meilleur accompagnement des époux steriles. Dissertação de fim de curso teológico, no Seminário Maior de Sebikothane (Senegal), ano de 2002. 

STEVANIN (Efrem), Catechismo Criolo. Ano de 1954.  

TAMBÁ (Carlos), A Justiça social em Amós (2,6-16), paradigma da Justiça para a Guiné-Bissau. Dissertação de fim de curso teológico, no Seminário Interdiocesano de Bissau, Maio de 2009. Policopiado. 

UROLIS (Cristiano), Sincretismo religioso no “chão” manjaco de Caió. Dissertação de fim de curso teológico, no Seminário Interdiocesano de Bissau, ano de 2008. Policopiado. 

VERNOCCHI (Franco), Migalhas. Ano de 1940. 

VICENTE (João Dias), “O Cónego Tertuliano Ramos e a I República Portuguesa na Guiné”, in Itinerarium, nº169 (Janeiro-Abril, 2001), pg. 69-129.  

VICENTE (João Dias), “Subsídios para a biografia do sacerdote guineense, Marcelino Marques de Barros”, in Lusitania Sacra, 2ª série, 4 (1992), pgs. 395-470. 

VICENTE (João Dias), “Padre Henrique Lopes Cardoso, um sacerdote guineense digno de ser conhecido”, in Soronda (revista de estudos guineenses), nº 17 (Janeiro de 1994), pgs. 145-189. 

VICENTE (João Dias), “Os Bispos de Cabo Verde que visitaram a Guiné”, in Itinerarium, XXXI (1993), pgs. 287-350. 

VICENTE (João Dias), “Importância de dois Arquivos de Roma (A.S.Vaticano e Propaganda Fide) para a história da missionação na Guiné-Bissau”, in Itinerarium, nº 168 (2000), pgs. 481-541. 

VICENTE (João Dias), “Quatro séculos de vida cristã em Cacheu”, in Itinerarium, nº132 (1988), pgs. 335-375. Integrado também no livro Mansas, Escravos, Grumetes e Gentio, Cacheu na encruzilhada das civilizações. Actas do Colóquio “Cacheu, Cidade antiga”(22-24 Novembro, 1988), coordenação de Carlos Lopes, Bissau-Lisboa, 1993, pgs.100-117.  

VICENTE (João Dias), “Novos Subsídios para a história da primeira missão franciscana portuguesa na Guiné (1660-1834), in Itinerarium, nn. 112-113 (Janeiro-Agosto, 1982), pgs. 122-224.  

VICENTE (João Dias), Guinea Bissau, Guiné-Bissau. (Livro de divulgação sobre variados aspectos da vida e história da Guiné-Bissau, em versão italiana e portuguesa, publicado em Verona no ano de 2004, com valiosas fotos de Alessandro Tosatto). 

Fr. João Vicente, ofm

 

 
 
 
 
 
   
   

 

 

 


hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano